sábado, 28 de maio de 2011

este foi o texto mais dificil, que (alguma vez) te escrevi.

 
Sempre fiz o que tinha ao meu alcance, até o que não tinha. sempre fiz os possíveis e os impossiveis para te ter. nunca desisti, por mais vezes que me tenha passado pela cabeça desistir de ti.. quantas foram as vezes que disse para mim própria: "para mim acabou, não vou pensar mais em ti", e de todas essas vezes, eu falhei. pensei que abrisses esses teus olhos bonitos, mas nem isso fizeste, adormeces-te completamente para mim.. sabes o que causou? deixei o meu pobre coração partir-se cada vez mais e aumentar toda a mágoa e o sofrimento! tinha dito que um dia ia dizer adeus definitivamente, talvez hoje seja o dia. talvez, não. é hoje. só espero que não te venhas a arrepender, pois dói muito. ter saudades, doi. tal como tenho das noites em que esperava uma mensagem tua, que me estampava um sorriso no meu rosto, como no meu coração. não tens saudades? eu tenho, imensas. de quando me chamavas de feia, de má, de querida, de menina, de quando dizias o teu "tim"(adorava), de quando ficavas triste por não te mandar mensagem, de me dizeres que não conseguias chatear-te comigo, de quando me pedias beijinhos, de quando dizias que não me querias magoar, quando me pediste desculpa por teres errado, quando me tratavas por você, dos teus "sweet dreams", das tuas "***" e principalmente, por me teres dito que me escolherias para me teres a teu lado. eu tenho saudades de te dizer que eras o meu fofinho e que eras(e és) lindo até mais não, de te dizer que eras(e és) a estrela mais brilhante do meu céu. vou-te olhar sempre, claro. nunca te esqueças de tudo o que disse!! só te tenho a agradecer, por tudo isto, pelo menos senti e senti com um enorme carinho. um tão grande obrigada por teres entrado na minha vida! obrigada pelo que me fizeste sentir, mesmo que tenha sido por pouco tempo, eu simplesmente amei. infelizmente, quanto mais atenção se dá, menos se recebe e foi isso que fizeste comigo. eu gostei, eu acreditei, eu iludi-me. foste o meu maior orgulho, tal como a minha maior desilusão. a única coisa pior que perder um sonho, é vê-lo ser realizado por outro alguém. escrevi o teu nome na areia e apaguei-o, como se te estivesse a apagar da minha vida.
Um destino que nos uniu, um vento que te fez partir. 
                                                     adeus, fica bem, vou-te adorar sempre, minha estrelinha perdida, sempre.

4 comentários:

  1. "hoje" doi, eu sei, mas "amanha" vais dar a volta por cima :) muita força e coragem. essa saudade vai passar!

    ResponderEliminar
  2. que lindo.
    Hoje pode doer mas com o tempo vai deixar de doer. força querida!

    ResponderEliminar
  3. mt obrigada, e força também para ti :)

    ResponderEliminar

dizes-me o que achas-te? : )